All Articles

Tempo: O Custo Escondido do Investimento Ativo

Hey, there 👋

Hoje pretendo falar do custo escondido do investimento ativo: o tempo. Se tempo é dinheiro, faria sentido evitar gastá-lo, não?

Antes de (voltar a) investir unicamente em fundos de índice, investia em ações individuais. Para tal tinha de investigar, lia os 10K, pesquisava sobre a empresa, as suas vantagens competitivas, calculava os rácios, etc.

No início até era entusiasmante fazer a pesquisa, perceber melhor como funcionam as grandes empresas do mundo. Contudo, eventualmente fartei-me da investigação, porque requeria muito tempo, dado que estudava muitas empresas para encontrar o melhor investimento.

Além disso, é sabido que investimento ativo altamente ineficaz, com 94% dos fundos large-cap dos Estados Unidos a terem um desempenho pior que o S&P500 durante períodos de 20 anos.

https://www.spglobal.com/spdji/en/documents/spiva/spiva-us-year-end-2020.pdf
https://www.spglobal.com/spdji/en/documents/spiva/spiva-us-year-end-2020.pdf

Portanto, sabendo que nem os profissionais são capazes de obter rentabilidades consistentemente acima de um índice, porque haveria de investir o meu tempo em algo com tão poucas probabilidades de sucesso?


De qualquer das formas, assumamos que eu, um investidor pouco capital, consigo obter consistentemente uma rentabilidade acima de um fundo índice, tendo em conta as comissões. Assim valerá a pena, não?

Depende. Qual é o valor dessa diferença de rentabilidade? 1%? 5%? 20%?

Obviamente que se conseguir consistentemente uma rentabilidade de 20% acima da do índice vale totalmente a pena continuar a investir ativamente. Mas isto será realista? O mais provável seria bater o índice por pequenas percentagens, e é exatamente aí onde quero chegar:

Se um investidor com uma carteira de 1 000 000€ bater o índice por 2%, a carteira aumenta em 20 000€. Contudo, para um pequeno investidor com uma carteira de 10 000€, 2% são apenas 200€.

200€ é melhor que nada, não?

Sim, é. Mas qual o custo?

O tempo dispendido ao investigar as empresas vale esses 200€ anuais? Todo o trabalho de estar a par das notícias, ler relatórios, investigar novas empresas pode facilmente chegar a dezenas de horas num ano.

Se precisarmos de 40 horas anuais para nos mantermos atualizados e obter os 200€ adicionais, estamos efetivamente a dizer que o tempo custa 5€/hora. Valerá a pena?

Além disso, temos também o custo de oportunidade, como em qualquer decisão na vida. O que poderia ter feito com o meu tempo em vez de investigação de empresas? Podia ter estudado para mudar de emprego com um salário melhor? Podia ter aprendido uma língua para emigrar? Podia ter criado um negócio que aumente os meus rendimentos?

Alguém que receba o salário mínimo nacional de 665€ mensais, precisa de um aumento de apenas 2,5% no seu salário para compensar esses 200€ anuais.  

Alguém que receba um salário de 1000€ mensais, precisa de um aumento de apenas 1,6% para compensar esses 200€ anuais.

Já deves ter percebido a minha lógica:

Para um investidor com pouco capital, é melhor investir no aumento de ingressos do que no aumento da rentabilidade. Isto porque tal aumento geralmente necessita de um grande investimento de tempo, e cujo conhecimento se torna facilmente obsoleto quando sai o novo relatório 10K da empresa.

Além de que mudar de emprego geralmente oferece um aumento superior a 200€, pelo que é uma meta fácil de cumprir — apesar de que provavelmente não se pode mudar de emprego todos os anos.


Concluindo, o custo do investimento ativo para um investidor com pouco capital é muito alto. À medida que o capital de um investidor aumenta, o custo do investimento ativo é reduzido, se bem que pode não ser suficiente para valer a pena investir ativamente.

Além disso, o tempo poupado poderia ser usado em outras atividades não financeiras, como estar mais tempo com o parceiro, filhos ou amigos, ou aventurar-se naquela ideia que está na cabeça há muito tempo.

E tu, concordas com o artigo? Esqueci-me de mencionar algum benefício do investimento ativo que derrotaria a conclusão? Deixa a tua opinião nos comentários!

Se gostaste do conteúdo, inscreve-te na newsletter abaixo para receber mais artigos como este 👇